Grupo gestor RENAS recebe exemplar do Diagnóstico da Criança e Adolescente de Curitiba

Comente!

Durante o 11º Encontro Nacional RENAS, que acontece de 18 a 20 de outubro, em Natal, teve entrega do Diagnóstico da Criança e Adolescente de Curitiba para o grupo Gestor.

Composto de 8 volumes, o Diagnóstico Social da Infância e Juventude de Curitiba é um projeto que foi desenvolvido para conhecer a realidade da infância e juventude no município subsidiando o Conselho Municipal de Direitos da Criança e Adolescente – COMTIBA e as instâncias governamentais e não governamentais na formulação e execução de suas políticas e programas.

O projeto contribuiu para a melhoria e a qualidade do atendimento à crianças e adolescentes em Curitiba e pode servir como incentivo e modelo para outras cidades.

Todo o projeto contou com a participação de uma equipe multidisciplinar formada por assistente social, antropólogo, estatístico, administrador, economista, pedagogo, advogado, médico e outros profissionais que atuaram pontual ou integralmente. Entre o time, dois representantes RENAS: Patrick James Reason, articulador da rede regional REPAS e Mautício Cunha, diretor-presidente do CADI.

Como atores da Sociedade Civil atuantes na promoção dos direitos de crianças e adolescentes na nossa cidade temos desejado dados mais concretos e mais abrangentes para a construção de políticas públicas assertivas. Este diagnóstico nos oferece uma oportunidade privilegiada mais também nos coloca na responsabilidade de fazer o uso, reflexão e aplicação destes dados e escutas. É muito importante demonstrar como a RENAS é REPAS tem participado da construção de Políticas Públicas. – declarou Patrick.

Para Maurício, “participar do Diagnóstico da Infância e Juventude de Curitiba foi uma experiência singular, não apenas como antropólogo, mas principalmente como pessoa. Cada depoimento generosamente oferecido, cada olhar, cada percepção peculiar, além de proporcionar uma emoção única, ampliar horizontes, conferir sentido e significado ao nosso trabalho de militância social, apontou um caminho sem volta na defesa dos direitos das nossas crianças e adolescentes. A eles, o meu agradecimento, e aos atores do Sistema de Garantia de Direitos, o meu reconhecimento e admiração.”

RENAS se sente privilegiada por fazer parte dessa construção.

Para ter acesso aos 8 volumes, acesse: https://www.diagnosticossociais.com.br/curitiba/

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *