RENAS mobiliza bairros de Manaus contra o abuso e exploração sexual de crianças

[ 1 ] Comment

Em Manaus (AM), o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de Maio) foi marcado por diversas atividades promovidas por órgãos públicos e pela Rede Evangélica Nacional de Ação Social (Renas), núcleo Amazonas.

As atividades começaram com a caminhada “Faça Bonito”, promovida pelo Lar Batista Janell Doyle, no bairro do Mauazinho. Em seguida houve a caminhada na cidade de Iranduba, que faz parte da região metropolitana de Manaus, onde tem sido identificado um alto índice de abuso infanto-juvenil[1]. Lá houve apoio de diversos órgãos como Conselho Tutelar, Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), Prefeitura e alunos de diversas escolas. Moradores se emocionaram ao ver a mobilização, pois muitos tiveram suas crianças violentadas e com seus sonhos roubados.

A mobilização serviu como grito de alerta para toda a sociedade. Às autoridades, para que implementem ações de políticas públicas para o enfrentamento dessa problemática. Às famílias, para que resguardem os direitos e protejam suas crianças e adolescentes de maneira mais eficaz. Aos professores e responsáveis, para que denunciem situações de violência. E aos abusadores, para que sejam coibidos de suas intenções e punição para aqueles que já causaram mal aos menores.

A caminhada seguiu pelas ruas da cidade com faixas, cartazes e panfletos informativos até a Prefeitura do Município, onde os participantes foram recebidos pela prefeita, que se colocou à disposição para mobilizar os órgãos do município. Ela também agradeceu o envolvimento de todos, em especial do abrigo “O Coração do Pai”, com sede em Manaus, que abrirá uma unidade em Iranduba, a 40 km da capital.

Após a caminhada em Iranduba, já no fim da tarde, a comitiva da Renas seguiu para Manaus e participou das atividades na Praça do Congresso, também alusivas à data.

Outra ação realizada foi a “Vacinação contra maus tratos”. Aconteceu no Instituto de Educação do Amazonas com professores e alunos, e foi coordenada por participantes da Renas. A “vacinação” consiste em fazer as pessoas se comprometerem em proteger as crianças e denunciarem quando souberem de algum abuso.

O centro social Caminho Seguro, que atende crianças em situação de vulnerabilidade, também está realiznado atividades em combate à exploração sexual infantojuvenil. A programação incluiu oficinas, exposições, filmes e vai até o dia 25.

BNR_Manaus2

***

Confira oportunidades e ferramentas preparadas pela campanha Bola na Rede para que você estimule sua igreja ou grupo pequeno a discutir e agir a respeito do tema do abuso e da exploração sexual de crianças:

 Mobilização contra a exploração sexual de crianças em Manaus (AM)
De 18 a 25 de maio:
Oficinas, exposições e filme (bairro: Monte Pascoal)
Dia 20 de maio:
Filme sobre prevenção do abuso sexual de crianças e adolescentes na Igreja Mundo para Cristo (bairro: Nova Floresta)
Dia 21 de maio:
Manhã de lazer e exibição de filme sobre o combate ao abuso sexual (Lar Batista Janel Dolye)
Palestras e filmes sobre o combate à exploração sexual de crianças (Igreja Missão Global da Fé Zona Norte, Ação de Cidadania, Projeto Eu Faço)
21 e 22 de maio:
Orientação para pais e acompanhantes sobre abuso sexual no Hospital da Criança Zona Leste.
22 de maio:
De 16 às 18h – exibição de filme sobre o tema, no templo-sede da Igreja Missão Global da Fé
31 de maio:
Exibição de filme sobre o tema, na Escola Adventista (bairro: São Jorge).

FERRAMENTAS

Dinâmicas sobre proteção infantil para trabalhar em sua igreja
5 dinâmicas sobre proteção infantil para trabalhar com crianças e adolescentes na igreja/ organização.
Baixe aqui!

Liturgias para o culto

6 liturgias para culto, abertura de escola dominical ou eventos de organizações.
Que tal usar a liturgia “Deus olha o coração”, baseada em 1 Sm 16.6-12 no próximo domingo?
Baixe aqui!

Cartilha Bola na Rede 2016: o que é e como agir contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes

Ainda não baixou a nova edição da Cartilha Bola na Rede? Faça agora!
Novo layout, novas informações e dados atualizados!
Baixe aqui!

Nota:
1]
Segundo dados da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), de janeiro a abril de 2016, foram registrados, em Manaus, 277 casos de violência sexual, sendo 23 vítimas do sexo masculino e 254 vítimas do sexo feminino. Fonte: Site Rádio Nacional da Amazônia.

• Gizelle Corrêa é missionária e representante do Paralelo 10 em Manaus/AM. Ela e o esposo estão se preparando para atuar entre ribeirinhos no município de Maués.

Fonte: blog Paralelo 10/ Portal Ultimato

 

Uma resposta a RENAS mobiliza bairros de Manaus contra o abuso e exploração sexual de crianças

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *