Por uma igreja relevante: da palavra à ação

Comente!

Sob o tema “Por uma Igreja relevante: da palavra à ação”, nos dias 30 e 31 de maio ocorreu o I Encontro da Rede Evangélica Nacional de Ação Social de Sergipe no templo da Primeira Igreja Presbiteriana Independente de Aracaju, localizado no bairro que deu origem à capital sergipana, o Santo Antônio. Na oportunidade, mais de 80 pessoas, entre pastores, líderes e membros de diversas igrejas da capital e do interior, participaram das palestras, oficinas, workshops e do café com lideranças e puderam conhecer a proposta de trabalho em rede para a realização da Missão Integral em Sergipe.

No dia 30, na abertura, um coral formado por ex-moradores de rua assistidos pelo Projeto Samaritano Acolhedor realizou uma chamada à adoração ao povo de Deus ali presente. Em seguida, Beto Barros, coordenador de mobilização da RENAS nacional, apresentou a RENAS e a meotodologia de trabalho em rede. O missionário Leandro Virgínio, da Associação dos Líderes Evangélicos de Felipe Camarão (ALEF), de Natal, Rio Grande do Norte, terminou as atividades de sexta pregando a respeito do fim último da vida do homem que é glorificar a Deus e como isto se relaciona intimamente com a Missão da Igreja e, por conseguinte, com seu ministério profético e de serviço ao próximo. Leandro conclamou os irmãos presentes a serem Igreja relevante em seus respectivos contextos tendo em vista a glória de Deus por meio de ações transformadoras e abençoadoras que manifestem o amor, a graça, a misericórdia e a justiça do Reino de Deus.

Coral de ex-moradores de rua

Coral de ex-moradores de rua

No sábado, as atividades se iniciaram logo pela manhã, com o café com pastores e líderes de diversas denominações da Grande Aracaju e do Interior sergipano. As cerca de trinta lideranças presentes foram sensibilizadas para a Missão Integral e revisitaram as Escrituras para compreender que a ação social faz parte da atividade evangelizadora da Igreja do Senhor. As preleções matutinas foram realizadas por Beto Barros, Leandro Virgínio e pelo Pr. Jorge dos Santos, coordenador da RENAS Sergipe.

No período da tarde, a programação começou com o workshop de boas práticas transformadoras, em que projetos de iniciativa de igrejas locais puderam expor seus trabalhos e demonstrar que a prática da Missão Integral já está presente em muitas comunidades evangélicas sergipanas. Foram apresentados: a Associação Resgate de Sergipe, o projeto Fumaça Zero, o Samaritano Acolhededor, o Projeto Esperança e o projeto PEPE. Logo após o intervalo, os participantes foram divididos em turmas e participaram de oficinas para aprendizagem básica de ferramentas para a Missão no contexto local: elaboração básica de projetos, mobilização de igrejas e comunidades e missões urbanas.

Beto Barros explica metodologia da RENAS

Beto Barros explica metodologia da RENAS

À noite, ocorreu o encerramento do encontro que contou com a cantora Ana Lúcia chamando a Igreja presente à adoração e logo após, o missionário Leandro Virgínio realizou a última preleção falando sobre a necessidade de a Igreja do Senhor Jesus ser uma comunidade relevante que impacta a sociedade, manifestando o caráter santo de Deus e sua graça transformadora. Ao final, foi realizado um ato simbólico de lançamento da rede em que os presentes foram desafiados a fazer parte da RENAS Sergipe e comprometer-se com a Missão Integral do Reino de Deus.

Por MacGyver Correia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *