Nasceu a RENAS Pará!

[ 4 ] Comentários

Está oficialmente criada mais uma rede regional: a RENAS Pará, estado da região Norte. A reunião de criação da rede foi realizada no dia 25 de abril nas dependências da Secretaria Regional da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), na capital paraense e contou com a presença de 61 pessoas representando 31 organizações do Estado.Após explicações sobre o funcionamento da RENAS, os presentes assinaram um termo de adesão com a rede nacional e se comprometeram em apoiar as ações da RENAS no Pará. O grupo assumiu os desafios de promover e facilitar a comunicação entre seus integrantes e de identificar a ação social evangélica no Estado.

O pastor e secretário regional da SBB, Acyr de Gerone Júnior, foi escolhido como coordenador geral da RENAS Pará. A rede se reunirá de dois em dois meses (a próxima está marcada para o dia 26/06). Eles já planejam participar do Encontro Nacional da RENAS, que acontece de 12 a 14 de setembro, em Fortaleza, CE.

Com esta nova rede, a RENAS já soma vinte redes regionais ou locais, além de oito redes temáticas.

“Trabalhar em rede é fundamental, em uma região como o Norte”, diz Acyr de Gerone Júnior

– Qual a importância de uma rede local da RENAS no Pará para a igreja, para as organizações sociais cristãs e para a sociedade?
Acyr – O Pará é um estado com dimensão geográfica e contexto social desafiador. Se torna muito difícil para as igrejas (e outras organizações) realizar um trabalho que contemple as necessidades e especificidades que a região exige. Portanto, trabalhar em rede é fundamental, para que ocorra uma ação mais significativa e sinergética, através da presença evangélica na área social/missionária nas diferentes regiões, atendendo as diferentes demandas de uma região tão necessitada como a região Norte.

– Como aconteceu o processo até chegar hoje, com a inauguração da rede?
Acyr – Eu sou de Curitiba, PR, (fui transferido em 2007 pela Sociedade Bíblica do Brasil), passando por Porto Alegre ,RS, e, mais recentemente, em Belém, PA. No Paraná, desde o início, participava da REPAS e, portanto, conhecia os princípios que norteavam o trabalho em rede e percebia que tal trabalho se fazia necessário na região. O Beto Barros (do Grupo de Trabalho de Expansão de Redes) começou a falar comigo sobre a ideia de trazer a rede para Belém, visto que a SBB mantinha contato com várias organizações e igrejas que atuam na área social. O diálogo amadureceu com a visita do pessoal da RENAS Tapajós. Eles participaram de um encontro da SBB com parceiros sociais onde expusemos a intenção de iniciar a RENAS em Belém. A ideia foi muito bem aceita pela maioria. Em janeiro deste ano iniciamos as reuniões com um grupo que demonstrou maior interesse, culminando no lançamento oficial na plenária que realizamos em abril.

– Quais os maiores desafios que a RENAS PA deve enfrentar?
Acyr – São vários, mas destaco, resumidamente, alguns:
1. Entender a concepção do trabalho em rede. Tanto o termo quanto o conceito não são comuns, ainda, na região.
2. Contemplar o estado como um todo, visto que a região é muito grande e oferece desafios geográficos (deslocamento e cobertura) e sociais (região muito pobre e com poucos recursos).
3. Fortalecer o conceito da missão integral (pouco conhecido e refletido nas igrejas evangélicas de Belém e região).

Raquel Arouca (A Rocha Brasil e RENAS), à esquerda. E Pr. Acyr (SBB e RENAS PA) à direita.

Raquel Arouca (A Rocha Brasil e RENAS), à esquerda. E Pr. Acyr (SBB e RENAS PA) à direita.

– Você é pastor, certo? Fale um pouco sobre seu(s) ministérios.
Acyr – Sou casado com Tânia, desde 1999 (ela é ministra de louvor) e tenho dois filhos, Acyr Neto (13 anos) e Isabella de Gerone (11 anos). Em Curitiba, pertencia (e ainda estou ligado) à Igreja Redenção. Desde a adolescência atuei em diversas áreas (missões, adolescentes, jovens e louvor). No entanto, meu ministério iniciou, de fato, em 1999, logo após meu casamento. Atuei como ministro de louvor e auxiliar do pastor. Em 2001, assumi uma congregação (da Igreja Redenção) localizada numa região carente de Piraquara, PR. Foi ali que entendi a necessidade de realizar um ministério focado na missão integral. Por ser uma igreja sem recursos, optei pelo ministério bivocacional, entrando na SBB, em Curitiba, em 2005 (atuei em vendas e, posteriormente, no desenvolvimento de projetos sociais no PR, SC e RS).
Em dezembro de 2006 assumi uma igreja em Curitiba, PR, onde pude pastorear somente por 7 meses, visto que em julho de 2007 fui promovido (e transferido) como gerente da SBB em Porto Alegre. Em novembro de 2008 assumi a Secretaria Regional da SBB em Belém (que contempla AM, RR, PA, AP, MA e PI). Na região trabalhamos como dois barcos (do Programa Luz na Amazônia – um barco hospital e um outro barco livraria/museu da Bíblia). Temos a sede da regional em Belém, PA, e uma filial em Manaus, AM. Atualmente congrego, sem vínculo pastoral, na Igreja Presbiteriana Renovada.

 

4 respostas para Nasceu a RENAS Pará!

  1. Antonia Leonora van der Meer disse:

    Alegro-me muito com essa boa notícia, e oro a Deus que abençoe ricamente essa iniciativa importante e que assim todas as organizações e igrejas ligadas à rede sejam abençoadas e fortalecidas. Parabéns!

    Tonica

  2. […] Leia aqui a entrevista com o Pr. Acyr de Gerone Júnior, coordenador da RENAS […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *