A Rocha Brasil – associação cristã de pesquisa e conservação do meio ambiente

Comente!

Com a crescente preocupação mundial em relação à degradação do meio ambiente, cristãos ao redor do mundo, cada vez mais, se apegam à idéia de que o ambiente também faz parte da nossa responsabilidade, como mordomos, no cuidado da criação de Deus. Há mais de 20 anos, tendo em mente essa base de trabalho, um grupo de pesquisadores cristãos, sensibilizados pela causa ambiental, iniciou um projeto chamado A Rocha. Esse projeto pode ser melhor conhecido por meio do livro A Rocha — uma comunidade evangélica lutando pela conservação do meio ambiente (ABU Editora), escrito por Peter Harris, que conta a história da fundação da primeira base de campo do projeto, Cruzinha, localizada na região do Algarve, em Portugal.

No prefácio, John Stott atenta para a responsabilidade ambiental do cristão. Segundo ele, “nós não podemos amar e servir verdadeiramente ao nosso próximo se estivermos ao mesmo tempo destruindo o meio ambiente no qual ele vive, sendo coniventes com a destruição deste ou até mesmo ignorando as circunstâncias ambientais esgotadas nas quais tantas pessoas são obrigadas a viver. Assim como Jesus Cristo se encarnou a fim de entrar em nosso mundo, também a missão verdadeiramente encarnada implica entrar no mundo das outras pessoas, inclusive no mundo da sua realidade social e ambiental”.

Os projetos A Rocha são desenvolvidos com base em cinco compromissos:

1. cristão, pois cremos na revelação bíblica de que Deus criou e ama o mundo;

2. de conservação, baseado na investigação, planejamento e execução de projetos científicos;

3. de comunidade, pois é fundamental relacionar-se com Deus, uns com os outros e com toda a criação, bem como envolver as comunidades locais nesse processo e buscar nós mesmos sermos bons exemplos de comunidades;

4. transcultural, pois nenhuma cultura apresenta todas as soluções para os problemas ambientais; por isso a necessidade de compartilhar idéias e práticas entre países e culturas distintas;

5. de cooperação, pois é fundamental somar os esforços, trabalhar em rede e estabelecer parcerias com outras organizações e indivíduos que partilham dos objetivos ambientais, independentemente de suas crenças, pois nisso também consiste a missão evangelística.

Os projetos A Rocha estão presentes em quinze países. No Brasil, está em processo a fundação de um novo ramo, e nossa expectativa é a implementação de alguns centros de pesquisa a partir da primeira unidade, que servirá como referência nacional, assim como Cruzinha é referência internacional. Em nosso projeto nacional elegemos a cidade de São Paulo para dar início a toda essa jornada.

Nossa oração é que o Senhor nos ajude a fundar primeiramente um escritório que servirá de apoio para os aspectos logísticos e administrativos de nossas pesquisas e para as ações práticas de conservação e de educação ambiental. Os processos diretivos da organização e as reuniões do comitê são sempre acompanhados de orações e de alguma reflexão bíblica. As reuniões são abertas a todos os interessados em conhecer, se envolver ou se associar ao projeto A Rocha Brasil.

Hernani Ramos é médico veterinário em São Paulo (brasil@arocha.org).

* Artigo veiculado neste site com a devida autorização da Editora Ultimato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *