Rede Evangélica do Terceiro Setor

Rede Evangélica do Terceiro Setor

A Rede Evangélica do Terceiro Setor constitui-se um movimento de integração de pessoas físicas e jurídicas da Igreja Evangélica no estado de Minas Gerais, não constituída juridicamente, tendo como missão promover articulação das pessoas envolvidas, favorecendo a socialização e a democratização de experiências, informações e recursos, a busca pela excelência, a construção de parcerias, a defesa de direitos e a promoção de políticas públicas, desejando ver os sinais do Reino e a justiça de Deus entre nós, no cumprimento da missão com presença marcante no Terceiro Setor, tendo como resultado a glória de Deus e a transformação integral da sociedade.

Baseia suas ações nos princípios e valores:
AUTONOMIA – A rede se compõe de agentes cristãos com atuação no terceiro setor, dentro da visão e missão acima descritas e sem vinculação denominacional, político e partidária. Enquanto movimento não se propõe à formalização.
SOLIDARIEDADE – A complementariedade de ações e a cooperação mútua deverão nortear o estabelecimento das estratégias e diretrizes de ação.
FUNDAMENTAÇÃO – A fundamentação bíblica da unidade da igreja, como está escrito na primeira carta aos Coríntios 12:12 e 13, João 13:34, I João 13:16 a 18, João 17:21 e Prov. 31:8 e 9 e uma teologia da missão integral (Pacto de Lausane) são as bases bíblico-teógicas do ministério.
INTERDEPENDÊNCIA – A relação estabelecida entre os diversos participantes, sejam pastores, igrejas, entidades, obreiros e outros é de interdependência. Os participantes mantêm a sua autonomia política e administrativa e criam uma relação de dependência recíproca para o funcionamento da rede.

A Rede Evangélica do Terceiro Setor tem como objetivo o relacionamento fraternal entre organizações, irmãos e irmãs fomentando a cooperação e apoio mútuo, promover capacitações em áreas afins, incentivar a formação de redes regionais, posicionar-se de acordo com princípios de justiça e equidade que dialogam direitos humanos, contra toda forma de injustiça em favor daqueles/as que sofrem.

Orienta-se pelos seguintes pontos:
– O trabalho em rede e o relacionamento entre as partes não constituem compromisso de ordem legal e/ou jurídica, pois a Rede Evangélica do Terceiro Setor é um movimento e não uma organização ou associação.
– A Rede Evangélica do Terceiro Setor e as pessoas envolvidas se comprometem a trabalhar conjuntamente, de forma espontânea, sem coação e período de tempo determinado, em torno de pontos comuns baseados na visão, missão e objetivos acima mencionados.
– As pessoas envolvidas poderão doar bens, recursos pessoais e financeiros, disponibilizar local, produtos e investimentos diversos em projetos comuns, por decisão própria e espontânea, envolvendo projetos conjuntos que demandam os tipos de contribuição anteriormente referidos.
– O trabalho e o relacionamento existente é de cunho cristão evangélico, respeitando as diferenças teológicas, doutrinais, eclesiológicas e ideológicas das pessoas envolvidas.
– A Rede Evangélica não se constitui um órgão ecumênico, na perspectiva de um ecumenismo estrutural da igreja, mas acredita na unidade em amor daqueles/as que seguem a Jesus Cristo como Senhor.

INSTITUIÇÕES FILIADAS
JOCUM- Jovens com uma Missão;
Convenção Batista Mineira;
Associação Médicos de Cristo ;
Secretaria Estadual de Educação e Cultura da Igreja do Evangelho Quadrangular;
Associação Construindo um Novo Horizonte;
Sindicato das Instituições Beneficentes, Religiosas e Filantrópicas de Minas Gerais – SINIBREF ;
Igreja Batista Getsemani;
PAC- Montes Claros;
Associação Nova Canaa-Montes Claros;
Associação Nova Aliança- Juiz de Fora;
Associação Reconstruir- Juiz de Fora;
Programa CLAVES Brasil / Ministério Programa Criança Feliz;
Igreja Metodista Congregacional; Cristolândia/MG;

Contato:
(31) 99351-3049

Site: Rede Evangélica do Terceiro Setor
Facebook: facebook.com/revtsmg

            

 

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine o nosso boletim informativo

Preencha o formulário abaixo para receber nosso boletim