Pastorais

Sem a menor dor de cabeça

Eles devoram o meu povo como quem come pão. (Sl 14.4.) Uma das mais gritantes denúncias dos Salmos 14 e 53 é a perda total da sensibilidade na prática de um crime: “Eles [os malfeitores] devoram o meu povo como quem ...

O Deus dos oprimidos

Por causa da opressão do necessitado e do gemido do pobre, agora me levantarei. (Sl 12.5.) Sem dúvida, o salmista tinha na memória o livramento que Deus havia operado no Egito em favor do povo de Israel. Foi por isso que ...

Quero aprender a lamentar

O profeta Ezequiel comeu um livro repleto de lamentos, prantos e “ais”. Depois de encher seu estômago, afirmou: “Eu o comi, e na boca me era doce como mel”(Ez 3.3). Como pode tal livro ser doce na boca de alguém? ...

Recado aos evangélicos brasileiros que votaram no NÃO

A partir de agora, os evangélicos que votaram no Não deveriam se sentir constrangidos: 1. De citarem, em qualquer circunstância, os conceitos pacifistas de Jesus Mateus 5.9: “Bem-aventurados os pacificadores, pois serão chamados filhos de Deus”. Mateus 26.52: “Guarde a espada! Pois todos ...

Um espelho mais perto das crianças

Todos nós que trabalhamos com crianças e adolescentes temos a oportunidade de oferecer uma imagem para a formação do caráter de uma nova geração. A formação é mais importante que a informação apenas. E, para formar o bom caráter de ...

Deus na criança, sem mistério

Usando a mesma linguagem sobre o “sopro divino” utilizada pelo narrador do livro de Gênesis, costumo afirmar que a criança recém-nascida está, mais que um adulto, encharcada pelo gracioso hálito de Deus. Se não cuidarmos bem de nós mesmos, com ...

Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus. (Mt 5.3.)

Vivemos numa sociedade marcada pelo pragmatismo, sucesso como sinal da interferência de Deus e progresso econômico como referencial de bênção. Mas, para quem vive ou trabalha entre os pobres, esses sinais poucas vezes, ou quase nunca, se manifestam. Por isso, ...

Bem-aventurados os que choram porque serão consolados (Mt 5.4)

Frieza, apatia e indiferença são manifestações dos que se permitiram sujar pelo mal e, tendo corrompido a natureza humana, tornaram-se infelizes — desumanos. Os seres humanos choram suas próprias mazelas, sentem na pele a dor do outro, lamentam e ficam ...

Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra (Mt 5.5)

Em geral, presume-se que a terra é propriedade dos valentes, dos arrogantes. Os grandes conquistadores usurpam e sentem-se proprietários de terra. Eles alimentam uma forte compulsão para provar aos outros que estão por cima. Mas os que fazem guerra, no ...

Bem-aventurados os que têm fome e sede de Justiça, porque serão fartos (Mt 5.6)

Jesus usa uma imagem bastante forte para ilustrar a gana do discípulo pela justiça: Fome e sede. O espírito do discípulo alimenta-se da justiça com a mesma gana que o corpo precisa de água e pão. A fome e sede ...

Página 3 de 41234