Agenda Estratégica de Prevenção do Suicídio, Ministério da Saúde.

Comente!

No Brasil 11 mil pessoas tiram a própria vida, por ano. Sendo esta, a quarta maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. 

Segundo o Ministério da Saúde, de 2011 à 2016, as mulheres continuam no topo da lista nas tentativas de suicídio. Sendo a maior causa por envenenamento/intoxicação. Já os homens chegam a 71% dos casos de suicídio efetivados em relação as mulheres.

Diante desses e de muitos outros dados, o Ministério da saúde lançou a Agenda Estratégica de Prevenção do Suicídio até 2020. A Agenda foca a qualificação a assistência e a notificação ao suicídio. Para isso, cada etapa objetiva ampliar e fortalecer as ações de promoção da saúde, vigilância, prevenção e atenção integral relacionados ao suicídio, para a redução de tentativas e mortes por suicídio por meio da construção do Plano Nacional de Prevenção do Suicídio.

Eixos da Agenda

  • Eixo I: Vigilância e Qualificação da Informação:
    • Qualificação da notificação de tentativa de suicídio, do registro
      de óbitos;
    • Estudos/pesquisas e disseminação de informações;
  • Eixo II: Prevenção do Suicídio e Promoção da Saúde 
    • Comunicação Social;
    • Articulação inter e intrasetorial de ações de promoção de saúde;
  • Eixo III: Gestão e Cuidado
    • Pactuação de fluxos para os serviços de saúde locais com vistas à
      prevenção do suicídio e integralidade do cuidado;
    • Educação Permanente para qualificação das práticas dos
      profissionais de saúde na prevenção do suicídio;

Para conhecer mais o detalhamento dos Eixos da Agenda Estratégica de Prevenção do Suicídio, clique aqui!

Fonte: Ministério da Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *