Maio: mês de sensibilização e impacto pelo Brasil

Comente!

No dia 18 de Maio e nos dias conseguintes, organizações e redes filiadas realizaram atividades que impactaram cidades e comunidades com a mensagem contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes e ações de prevenção, como o trabalho da assistência social.

Pudemos acompanhar pelas redes sociais congressos, caminhadas, vacinação pelos bons tratos, adolescentes e crianças sendo protagonistas na luta pelos seus direitos.

Em mais um ano, os ecos da Campanha Bola na Rede se fizeram presentes mostrando os resultados do trabalho em rede, inspirando cada vez mais o “Maio Laranja” que vai ganhando novos espaços de sensibilização.

Em Fortaleza, foi realizada a Caminhada Sem Orçamento Não há Atendimento, com o objetivo de conscientizar a população e pressionar as autoridades sobre a questão orçamentaria destinada para o serviço da assistência social. Cerca de 600 pessoas participaram segundo dados da Autarquia Municipal de Trânsito, sendo aproximadamente 20 igrejas e 25 organizações/projetos representados.

Na Bahia, Lucy Luz, nossa facilitadora RENAS Bahia, pode participar e apoiar diversas ações de palestras, rodas de conversa, etc. “Conversei com profissionais e ajudei a articular algumas ações entre órgãos da rede pública e o CADI. Vou continuar acompanhando e assessorando. Apoiar me dá uma oportunidade de transformação da dor em combate da violência.” – disse Lucy referindo-se a temática de abuso e exploração de crianças e adolescentes.

Ações também aconteceram em São Paulo, Belo Horizonte, Amazonas… Foram caminhadas, distribuição de material informativo, vacinação pelos bons tratos, palestras, etc. Tudo em prol da sensibilização e do impacto.

RENAS também esteve presente no 2° Congresso Brasileiro de Enfrentamento à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes apresentando o impacto da Campanha Bola na Rede. Você pode conferir o relato integral aqui!

Abaixo, algumas imagens das ações do CADI, AEBVB, Exército da Salvação, RENAS Ceará, Bahia e Amazonas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *