Como o Evangelho afeta a maneira em que você enxerga uma questão preocupante em seu contexto?

Comente!

A dor e a perda pessoal e corporativa podem se transformar em fatores complicadores que tornam a situação ainda mais instável. Ao lermos as manchetes dos noticiários, a nossa raiva aumenta ainda mais. Podemos até espiritualizar a nossa raiva para nos sentirmos justificados em nosso desejo de retribuir.

O que o Evangelho tem a dizer sobre isso? A nossa dor é verdadeira e a nossa raiva com a injustiça é necessária, mas quando é vista a partir da cruz, a nossa resposta é muito diferente da do mundo. Jesus veio para curar os quebrantados de coração e tomar sobre si a nossa dor (Isaías 53:4). A justiça que Jesus traz não é militante. Jesus é vida, luz, esperança, misericórdia, restauração e reconciliação.

Como o Evangelho afeta a maneira em que respondemos às nossas comunidades e às manchetes dos noticiários? Por exemplo: Como o Evangelho afeta a maneira em que pensamos sobre a crise em Myanmar entre o povo rohingya?

Nos meses de outubro, novembro e dezembro, gostaríamos de convidar os nossos membros de todo o mundo a escrever e enviar suas reflexões em resposta à esta pergunta: Como o Evangelho afeta a maneira em que você enxerga uma questão preocupante em seu contexto? Pode ser a questão das drogas e do crime, a questão da pobreza, da falta de moradia ou qualquer outra coisa preocupante em seu contexto. Vamos juntar e publicar as respostas no nosso website para nos ajudar a definir juntos como podemos desenvolver uma resposta do Reino às questões enfrentadas pelas nossas nações. Sempre que possível, favor incluir histórias e conflitos reais.

Os desafios da transformação ajudaram a igreja primitiva a se desenvolver – eles fizeram estas perguntas uns aos outros e debateram juntos qual seria o caminho de Deus.

Vamos ficar felizes em receber as suas respostas. Por favor, enviem suas reflexões, histórias e ideias para o seguinte e-mail: director@micahglobal.org

Graça e paz.

Sheryl Haw
Diretora Internacional Miqueias Global

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *