4ª Campanha Igreja Amiga da Criança

Comente!

“Bons amigos sabem valorizar” é o tema da 4ª edição da Campanha Amiga da Criança promovida pela Rede Mãos Dadas, que acontece entre os dias 12 e 15 de outubro.

O objetivo da campanha é ajudar as igrejas locais a perceberem a criança como ser pertencente, atuante e importante no reino de Deus. Não pelo que ela representa para o futuro, embora isto também seja relevante, mas pelos seus dons espirituais e contribuição presentes.

Em novembro de 2016, representantes de nove organizações, todas ligadas à Rede Mãos Dadas, se encontraram em Curitiba para desenhar a 4ª Campanha Igreja Amiga da Criança.

“Queremos uma igreja disposta a caminhar com as crianças onde quer que elas se encontrem, mesmo que para isto seja necessário sofrer e entrar em lugares escuros, naqueles lugares onde o coração da criança clama por cura, reconciliação e esperança.” – esclarece Elsie Gilbert, editora da Rede Mãos Dadas.

O primeiro desafio da campanha e também da Rede Mãos Dadas é melhorar a capacidade de escuta e observação dos adultos em relação as crianças. Segundo a Rede, vinte e sete por cento das pessoas que frequentam as igrejas evangélicas no Brasil tem menos de 14 anos. Ou seja, um pouco mais que um em quatro evangélicos são crianças e adolescentes!

“Esta criança ou adolescente que está entre nós é percebida por nós? A ela é dada a oportunidade de participar na igreja de forma relevante, como Deus quer? Tratamos as crianças em nossas igrejas como Jesus as tratou? E uma última pergunta ainda mais perturbadora: a criança encontra entre nós um espaço de cura para as feridas do coração e da alma?” – finaliza Elsie.

Para detalhes da campanha e material didático e de divulgação, clique aqui!

Lançamos hoje a 4ª CAMPANHA IGREJA AMIGA DA CRIANÇA. O objetivo da campanha é ajudar as igrejas locais a perceberem a criança como ser pertencente, atuante e importante no reino de Deus.Assista ao vídeo e participe! Clique aqui: bit.ly/2xuQJZt

Posted by Elsie Gilbert on Wednesday, September 27, 2017

Redação: Rede Mãos Dadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *