Denúncias de violação contra os direitos de crianças e adolescentes lideram o DISQUE 100

Deixar um comentário

No último dia 11 de abril, a Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos divulgou o relatório de denúncias do DISQUE 100. 

Em 2016, a Ouvidoria Nacional do Ministério dos Direitos Humanos (MDH) realizou 353.417 atendimentos, sendo 133.061 (37%) referentes ao registro de denúncias de violações de direitos humanos. O módulo Crianças e Adolescentes lidera a quantidade de ligações que o Disque Direitos Humanos – Disque 100 registra, somando 76 mil atendimentos, 58% do total. Pessoa Idosa (32.632) e com Deficiência (9.011) ocupam, respectivamente, o segundo e terceiro lugar no recebimento de denúncias.

“O Disque 100 é um serviço de utilidade pública que devemos nos orgulhar. Pessoas em situação de vulnerabilidade têm mais esta opção para recorrer. O nosso trabalho é possibilitar meios para que as vítimas encontrem o socorro almejado. Todos nós temos que ser mais humanos para com todos os seres humanos, esquecermos os títulos e as rotulagens. Queremos as devidas punições para os agressores, o respeito à Constituição e garantir as ações promovidas no âmbito federal”, enfatizou Ministra Luislinda Valois.

No ano passado, durante as Olimpíadas e Paraolimpíadas, RENAS esteve ativamente trabalhando na divulgação do DISQUE 100, através da campanha Bola na Rede. Com camisas, faixas, cartazes e panfletos com a frase “Marque um ponto contra a exploração sexual de crianças e adolescentes” e a marca DISQUE 100, mais de 900 voluntários e 35 organizações e igrejas puderam impactar cerca de 23.000 pessoas com a mensagem contra a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Faça o download e tenha acesso ao Balanco Disque 100 – 2016 – Apresentacao Completa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *