Missão integral também é cuidar da criação de Deus

Deixar um comentário

Por quê?

Ao Senhor, ao seu Deus, pertencem os céus e até os mais altos céus, a terra e tudo o que nela existe (Deuteronômio 10:14). Deus é o proprietário – nós somos os inquilinos e cuidadores. A maneira como tratamos o que Deus criou, (seja um ao outro, os animais, as plantas, o meio ambiente), em e através do nosso comportamento e das nossas atitudes, demonstra e reflete como nos relacionamos com o nosso Criador. Ela revela se valorizamos e honramos o mandamento divino de cuidar da terra e possibilitar que ela seja bem sucedida.

O valor da terra e de tudo o que nela se encontra não procede de nós mesmos e do quanto precisamos dela. Em primeiro lugar, o seu valor e significado derivam da sua Fonte – do seu Criador. A ordem criada não é divina, tal como é promovido pelo politeísmo, mas devido ela ser de Deus, ter sido considerada “boa” e herdar d’Ele a capacidade de criar vida (Atos 17:28), ela é sagrada.

A santidade de todas as vidas humanas e o fato de sermos criados à imagem de Deus para servi-lo e honrá-lo são fatores essenciais para a missão integral, tendo uma consequência missiológica e ecológica.

Honrar e amar a Deus significa honrar e amar tudo o que Deus valoriza, tudo o que Ele criou e declarou como sendo bom.
Por outro lado, ignorar e contribuir para a poluição, o abuso, a destruição e a exploração, e desperdiçar o que Deus criou é o mesmo que desvalorizar e destruir tudo o que é bom.
Tudo pertence a Deus! Esta é uma verdade capaz de mudar a nossa vida para sempre.

A nossa motivação em:

  • Usar energia limpa e renovável é porque queremos honrar a Deus, cuidar da criação e possibilitar que todos nos beneficiemos tendo acesso à energia;
  • Diminuir emissões nocivas é honrar a Deus e possibilitar que a criação seja bem sucedida e beneficie a todos;
  • Desenvolver a agricultura sustentável é honrar a Deus e habilmente produzir alimentos suficientes e saudáveis para todos, protegendo o meio ambiente.

Ao fazermos escolhas relacionadas ao nosso estilo individual de vida pode parecer que não estamos fazendo um impacto significativo no que nos preocupa em relação às mudanças climáticas. Porém, já que a nossa motivação é honrar a Deus através de tudo o que dizemos e fazemos, devemos escolher ações que renovam, restauram e protegem o que Deus nos confiou.

Cuidar da criação parte do nosso amor e da nossa obediência a Deus. Faz parte da nossa descrição de cargo como nação santa e sacerdócio real. O cuidado com a criação é uma expressão integral da Missão de Deus e dá à igreja uma oportunidade profética para discipular as nações. Para que possamos fazer isto com integridade, precisamos demonstrá-lo através de como vivemos, seja em casa, na nossa igreja, no nosso local de trabalho ou na nossa comunidade. Ou seja, devemos assumir a liderança.

No dia 1 de março, a Miquéias Global vai se unir à Tearfund Reino Unido e outras organizações no lançamento da Campanha Renovar o Nosso Mundo. RENAS como organização parceira da rede Miquéias e Tearfund, convida as organizações e redes filiadas a se informarem e participarem desta importante iniciativa.

Siga, inicie e compartilhe a Campanha Renovar o Nosso Mundo. Visite a página no Facebook para ficar por dentro de outros detalhes.

Secretariado Miquéias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *