O Reino de Deus é do Ítalo!

Deixar um comentário

Tivemos no Brasil nestes dias um triste acontecimento que atinge a todos e todas: a morte do menino Ítalo de 10 anos por um policial, após ele e seu amigo Júlio, de 11, terem furtado um veículo num condomínio no bairro do Morumbi em São Paulo.

Após o ocorrido, a Visão Mundial designou um grupo de trabalho para acompanhar as famílias das crianças envolvidas, enfocando dois principais aspectos: apoio diaconal à família e ação profética junto às autoridades responsáveis para garantir uma apuração imparcial do que realmente aconteceu e o apoio necessário para a mãe em sua busca de dignidade e justiça.

A morte do Ítalo nos denuncia de várias maneiras. Denuncia o fracasso de nossa sociedade em proteger as crianças, em especial as mais vulneráveis. Denuncia o buraco na rede de proteção do poder público que deveria ter funcionado e a própria família. A série de omissões e negligência de vários atores culminou na tragédia que tirou a vida de uma criança de apenas 10 anos de forma tão drástica.

A Visão Mundial está comprometida com a proteção de todas as crianças de maneira que assim que tomou conhecimento do fato buscou desenvolver ações para responder de imediato à situação, desenvolvendo apoio à família do Ítalo. Também estamos em contato com a família do Júlio, que está assustada e com medo por causa do depoimento do Júlio que contradisse o dos policiais.

Convidamos você a se juntar a nós em oração neste “mutirão” em favor das famílias de Ítalo e de Júlio e que possamos nos empenhar para que todas as crianças, mas especialmente as que vivem em situações de vulnerabilidade tenham as condições de desenvolverem suas potencialidades e suas vidas não sejam ceifadas de maneira abruptas, como foi a vida do Ítalo.

Não queremos mais ouvir uma voz em nossas cidades, choro e grande lamentação. É Cintia que chora por seu Ítalo e recusa a ser consolada porque já não existe mais!
(adaptação livre de Mateus 2. 18).

Oremos!

“Traziam crianças a Jesus na esperança de que ele as abençoasse e orasse por elas. Mas os discípulos as impediam. Jesus, então, interferiu: ‘Não tentem afastar essas crianças! Não as impeçam de vir a mim! O Reino de Deus é feito de pessoas que são como crianças’. Depois de abençoa-las, ele partiu”.
(Mt. 19.13 – A Mensagem)

Welinton Pereira é pastor metodista, assessor de Advocacy da Aliança Cristã Evangélica Brasileira, conselheiro da RENAS e Assessor Sênior de Relações Institucionais da Visão Mundial em Brasília (DF).

Foto: Rafael Arbex/Estadão Conteúdo – 03.06.16
Local onde garoto de 10 anos foi morto em confronto com policiais militares, na Vila Andrade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *