RENAS reúne filiadas em Campinas

[ 1 ] Comentário

19 organizações sociais e 12 redes participaram da Reunião das Filiadas da RENAS na última semana ( 18 e 19 de março) no Lar Luterano Belém, em Campinas (SP). As conversas, na verdade, começaram antes (dia 17) com reuniões do Grupo Coordenador e do Grupo Gestor.

Foram horas de informações sobre as ações da RENAS e os desafios para este ano de 2016. Tivemos meditações bíblicas e momentos de oração pela rede, pelos parceiros e pelo nosso país. Confira a seguir um resumo da Reunião das Filiadas.

Devocionais
O Rev. Tércio Sá Freire, diretor da AEBVB e um dos coordenadores da RENAS, lembrou o reencontro de Jesus com Pedro e os discípulos, na praia, após a ressurreição (João 18). Ele ressaltou que “a base do relacionamento de Deus conosco é o amor e que o que Deus espera de mim é que eu o ame”. Pensando na RENAS, Tércio explicou que o acolhimento de Jesus nos dá solução para nossas demandas, sejam elas físicas ou emocionais.

Tércio Sá fala aos parceiros da RENAS

Tércio Sá fala aos parceiros da RENAS

No dia seguinte, o Rev. Wilson Costa, secretário executivo da Aliança Evangélica, meditou sobre a oração do “Pai Nosso”. “Nela, temos a expressão de nossa identidade como filhos”. Wilson conclui que a oração de Jesus nos lembra que “precisamos de pão, perdão e libertação. Espiritualmente, estamos prontos e livres. Não há mais poder que nos aprisione, estamos libertos para fazer o que Deus quer”.

A reunião foi encerrada com a celebração da ceia, ministrada pelo Pr. Welinton Pereira, assessor da Visão Mundial e integrante do Grupo Conselheiro da RENAS. Welinton lembrou que “bem aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus”. Ele afirmou:

“Antes de lutar contra a guerra, é preciso enfrentar a guerra dentro de nós. E fazemos isso por meio da oração. Para orar, precisamos nos arrepender. Arrependimento nos leva a desarmar”.

Encontros Regionais
Como já havia sido decidido na reunião anterior dos parceiros, em setembro de 2015, neste ano pela primeira vez, a RENAS não realizará seu Encontro Nacional. Com o objetivo de fortalecer o trabalho de suas redes locais, serão realizados pelo menos quatro Encontros Regionais. A reunião da semana passada confirmou os locais e as datas. Confira:
– Encontro Regional na Bahia (já realizado): 26 a 28 de fevereiro de 2016
– Encontro Regional no Recife (PE): 15 a 17 de setembro de 2016
– Encontro Regional em Santarém (PA): 22 a 24 de setembro de 2016
– Encontro Regional em Belo Horizonte (MG): outubro (após as eleições)

Como socorrer vítimas de tragédias ambientais?
As ações de socorro às vítimas do desastre em Mariana (MG) serviram de exemplo para provar que a RENAS pode ajudar mais a igreja e a sociedade a lidar com os danos das tragédias ambientais. Doris da Silva, da Rede SOS Global, relatou como sua rede socorreu as vítimas no Distrito de Barra Longa e lembrou que a cidade de Mariana em si não foi a mais afetada, mas sim os seus povoados ao redor. “O mais necessário é a ação pastoral. Em tragédias, as pessoas precisam de gente que possa ouvir e chorar com eles”, disse. Ageu Lisboa, do CPPC (Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos), apresentou uma proposta de capacitação em socorrismo e facilitação para questões emocionais em desastres. Ele acredita que a RENAS pode ajudar a promover uma “cultura de socorro” e fazer um esforço de transmissão de saberes às igrejas a fim de que elas sejam retaguardas e respondam às tragédias. “Como oferecer uma resposta melhor e imediata nos desastres? Ninguém tem o monopólio, mas podemos ter facilitadores”, propõe Ageu.

Diante do que foi apresentado por Doris e Ageu, a RENAS decidiu formar uma comissão para aprimorar e executar a proposta. A comissão foi formada por representantes das seguintes parceiras: Médicos de Cristo, SOS Global, CPPC, Visão Mundial, FTSA, LifeWords, Asas de Socorro e Exército de Salvação. Uma das ideias preliminares é criar um curso de capacitação para oferecer a agentes sociais e igrejas, pensando também em políticas públicas para situações de desastres. Ageu Lisboa será o facilitador da comissão.

RENAS nos Conselhos de Direito
Os parceiros também levantaram o tema da presença da RENAS em Conselhos de Direito. Atualmente, a rede tem representação oficial em dois Conselhos Nacionais: o CONSEA (Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional) e o CONANDA (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente). Além destes, nossas redes e organizações parceiras estão presentes em diversos conselhos regionais. É o caso da REPAS (Rede Evangélica Paranaense de Ação Social), que está no Conselho Estadual de Assistência Social e no Fórum Regional da Assistência Social do Paraná.

Os parceiros reconhecem que a RENAS precisa discutir mais sua forma de trabalhar nos Conselhos.Precisamos de espaço de debate para discutir mais. Criar mecanismo de representatividade”, disse Welinton Pereira. Como encaminhamento, a rede decidiu criar uma comissão com o objetivo de “definir critérios de participação nos conselhos, articular as redes para participarem mais, além de informar notícias e artigos dos Conselhos para as redes”. Welinton será o líder da comissão.

Bola na Rede – fase 2
A equipe coordenadora da campanha Bola na Rede (BNR) apresentou um relatório das principais atividades realizadas em 2015 e os planos para as Olimpíadas (fase 2). O Comitê da campanha realizou reuniões mensais. 290 pessoas foram capacitadas nas diversas oficinas sobre a proteção da criança. O Bola na Rede também realizou campanhas de vacinação contra os maus tratos (1.300 pessoas foram alcançadas), além de atos públicos, fóruns de discussão, caminhadas e participação em espaços públicos. Para as Olimpíadas, a BNR planeja realizar diversas atividades com o impacto de alcançar milhares de pessoas. [ouça a entrevista com Débora Fahur]. A agenda daqui para frente começa com o Fórum sobre Exploração Sexual de Crianças no dia 18 de maio (Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes). No primeiro fim de semana de junho (3 a 5) acontecerá o 21º Mutirão Mundial de Oração Pelas Crianças e Adolescentes Socialmente Vulneráveis, promovido pela Rede Mãos Dadas e que, assim como em 2015, será um dos projetos de mobilização do BNR. Mas as principais ações do BNR vão acontecer mesmo durante as Olimpíadas e das Paraolimpíadas no Rio de Janeiro (RJ), em agosto.

Juntos Pela Equidade
A reunião da RENAS também teve o projeto Juntos pela Equidade em sua pauta. Soraya Dias e Dorothéa Luz apresentaram as ações já realizadas, entre elas cinco “encontros de escutas” nas regiões Norte e Nordeste. Destas, cinco redes já escolheram os focos de seus trabalhos para os próximos anos. O Projeto Juntos Pela Equidade consiste em dar visibilidade para as ações das redes locais no combate à desigualdade em nosso país. Junto a isso, a RENAS pretende oferecer ferramentas e informações sobre o assunto por meio do seu site.

Sustentabilidade e comunicação
Outros dois assuntos abordados na reunião foram sustentabilidade e comunicação. Quanto à sustentabilidade, o Pr. Tércio enfatizou a necessidade da contribuição financeira de todas as filiadas. Ele lembrou que a situação econômica é difícil para todos os brasileiros, mas que a RENAS precisa continuar suas atividades.

Quanto à área da comunicação, Lissânder Dias apresentou algumas estatísticas de acesso aos canais da RENAS (site, redes sociais e boletins) e fez questão de encorajar os parceiros a escreverem e enviarem suas boas práticas. “Precisamos divulgar as boas práticas do trabalho em rede. Estamos nadando contra a corrente e precisamos propagar que trabalhar junto é melhor do que trabalhar sozinho”.

 

Uma resposta para RENAS reúne filiadas em Campinas

  1. Léo Alves de Oliveira disse:

    olá. graça e paz

    Por gentileza me inclua na lista de contatos com interesse no curso de capacitação para oferecer a agentes sociais e igrejas, pensando também em políticas públicas para situações de desastres.

    Assim que o Srº Ageu Lisboa, facilitador da comissão, apresentar a curso e vossas senhorias aprová-lo desejo ser informado sobre o mesmo.

    aguardo e agradeço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *