Somos todos contra a desigualdade social!

[ 1 ] Comentário

A desigualdade que afeta o Brasil está nas manchetes dos jornais, mas a verdade é que nossos olhos já se acostumaram com os seus efeitos na vida de nossa gente. São tantas as desigualdades, e tão comuns, que já não nos indignamos nem reagimos propositivamente.

Assim como a força de uma correnteza, a desigualdade leva consigo muita coisa, desestabilizando e criando insegurança para se viver. Um país desigual dá as mãos à injustiça, à discriminação, à ganância e à falta de compaixão. Sua estrutura vai se tornando ímpia a tal ponto que perpetua ciclos que alimentam decisões elitistas e descompromissadas socialmente.

Desigualdade_sandalias
E a Igreja de Cristo?
Mas a Igreja de Cristo está isenta desta impiedade? Não. Ela, que é chamada a ser “sal e luz” no mundo, por vezes, se adequa à escuridão e à falta de sabor. Por outras, é ela própria sofredora, porque abriga quem mais sente os efeitos da desigualdade.

As organizações sociais cristãs são um braço importante da Igreja na luta contra a desigualdade. Por isso, mais do que nunca, precisam unir-se, defender direitos que estão na Constituição e desenvolver soluções criativas e inteligentes para que o maior número de pessoas tenha acesso ao maior número de direitos e benefícios que a nação pode proporcionar.


Logo_RENASE a RENAS?
Por isso, a RENAS (Rede Evangélica Nacional de Ação Social) caminha há mais de 12 anos para aproximar ações de justiça em favor dos valores do reino de Deus (de justiça, alegria e paz) em nosso país.

E por isso, RENAS decidiu adotar intencionalmente o tema da desigualdade como sua bandeira de luta para os próximos três anos (2015-2017). Mas o que isso significa exatamente?

— Dar foco ao problema em todos os nossos canais de comunicação com parceiros e o público em geral.

— Articular redes locais, organizações e igrejas para investigarem quais os “rostos” da desigualdade em seus próprios contextos.

— A partir desta investigação, elaborar um farto material de estudo bíblico e de reflexão prática sobre como, à luz da Palavra e do chamado de Deus, podemos interferir na realidade desigual em que estamos inseridos.

— Fortalecer ações e metodologias já utilizadas por nossos parceiros na luta contra a desigualdade. Entre elas, citamos o UMOJA, que é uma ferramenta de treinamento de líderes locais.

— Mobilizar igrejas locais em torno do tema e das necessidades. E, a partir disso, ajudar estas igrejas a engajarem-se em ações específicas, como campanhas e projetos em rede.

Entre nossos alvos, estão:

— Beneficiar cerca de 5 mil pessoas em três anos a partir das ações previstas para este período.

— Realizar, pelo menos, 10 “escutas” regionais ainda neste ano, com o objetivo de investigar os aspectos da desigualdade em cada contexto.

— Engajar nossas redes locais e organizações — principalmente, as localizadas no Norte e no Nordeste (regiões com piores índices sociais) — para que assumam a responsabilidade de trabalhar em parceria contra a desigualdade.

— Envolver outros grupos cristãos na mobilização contra a desigualdade.

— Mobilizar, de forma duradoura, nossos parceiros para que participem de fóruns, Conselhos, Redes e demais espaços políticos, em níveis nacional, estadual, municipal, com foco na redução das desigualdades.

No final destes três anos, ficaremos felizes, se tivermos alcançado este resultado: cada organização e rede ligadas à RENAS perguntando-se, antes e durante a execução de seus programas sociais e de seu envolvimento em políticas públicas: O que fazemos contribui, de fato, para a redução das desigualdades no local onde estamos? Conseguimos reduzir as distâncias entre os desiguais de nossa comunidade?

*****

O programa já começou!

Queremos apresentar a seguir algumas ações que já realizamos ou que estão em curso, e ainda o que planejamos. Leia e veja como sua organização, igreja ou rede pode participar.

Escuta
O que as redes locais têm a falar sobre a desigualdade nas regiões onde atuam? Para que o programa seja realista, precisamos ouvi-las. Por isso, iniciamos encontros de “escuta” das redes, como oportunidade de reflexão sobre a realidade local e as possibilidades de atuação sobre as situações de desigualdade. Esta etapa é fundamental para o desdobramento de ações relacionadas à capacitação e envolvimento das redes locais. No próximo Encontro Nacional da RENAS, que acontecerá de 24 a 26 de setembro, o apresentaremos os resultados deste processo de “escuta”.

 Página exclusiva sobre desigualdade
Criamos uma página exclusiva no site da RENAS só com conteúdo sobre o tema (acesse aqui). Nossa ideia é reunir recursos relevantes para a igreja sobre o desafio de desigualdade em nosso país: artigos, estudos bíblicos, notícias, estatísticas, etc. Você já pode encontrar material publicado lá, como o artigo Sobre Igualdade: perspectivas bíblico-teológicas, do Dr. Vinoth Ramachandra, o estudo bíblico Bases bíblicas da Equidade, do Dr. Jorge Henrique Barro, e o resultado de pesquisa que mostra que a desigualdade entre ricos e pobres atingiu maior nível em 30 anos. Acompanhe também as novidades em nosso boletim Atalhos.

Logo_Encontro2014Logotipo
Para preservar a caminhada que iniciamos, decidimos que a identidade visual do programa será a mesma que utilizamos no Encontro Nacional da RENAS em 2014 [veja ao lado]. O encontro teve exatamente este slogan: A Justiça do Reino de Deus – Igreja em Rede pela Redução das Desigualdades Sociais.

 Parcerias
Uma parceria com o projeto Paralelo 10, da Editora Ultimato, possibilitará o envio de bíblias e um relevante material de estudo e reflexão para as redes do Norte e Nordeste, além de encontros presenciais.

Também queremos formalizar o apoio de nossos parceiros técnicos – Faculdade Teológica Sul-Americana, Rede FALE, CELC, Rede Mãos Dadas, dentre outros – para que eles nos ajudem a preparar materiais de qualidade e contextualizados, a partir das necessidades trazidas pelas “escutas”.

Capacitação de líderes
Organizações e redes filiadas à RENAS estão sendo despertadas para capacitarem líderes e implementarem a metodologia  UMOJA – comunidades transformadas.  Já foram realizadas oficinas em Marabá (PA), com apoio da REMAR (Rede Evangélica de Marabá), em Manaus (AM),  com apoio  da RENAS Amazonas, em Parintins (AM), por meio da parceira Asas de Socorro, na Bahia  e na Paraíba, com a parceira FEPAS.  Assim, mais pessoas são capacitadas para liderarem grupos que incluam o tema da desigualdade em suas ações.

Em parceria com a Aliança Evangélica, realizamos em junho uma capacitação em incidência política, no Distrito Federal. No próximo Encontro Nacional RENAS, a capacitação em incidência política será feita por meio da oficina do MJPOP e do Fórum do Coletivo Ame a Verdade.

Encontros RENAS
Para 2016, planejamos a realização de três encontros regionais. O 11º Encontro Nacional acontecerá, portanto, somente em 2017.

Para que a desigualdade seja, de fato, enfrentada, precisamos de uma rede constituída por pessoas sensíveis à causa do pobre e dispostas a seguir os passos de Jesus.

Esperamos que o desejo de participar esteja “queimando em seu coração”. Informe-se, envolva-se com sua organização, igreja ou rede local e participe das ações que contribuirão para um Brasil menos desigual.

Deus seja louvado e que Ele conduza com sabedoria e saúde a coordenação executiva desse programa: Dorothea, Klênia, Lissânder, Soraya e Tânia.

Coordenação executiva/Programa Desigualdade

 A Tearfund também apoia este projeto:

logo_tearfund

 

 

 

Uma resposta para Somos todos contra a desigualdade social!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *