Inscrições abertas para o 1º Prêmio Nacional de Projetos com Participação Infantil

Comente!

ONGs, associações, instituições públicas e privadas têm até o dia 31 de março para inscrever projetos

O 1º Prêmio Nacional de Projetos com Participação Infantil, realizado pelo CECIP – Centro de Criação da Imagem Popular, com apoio da Fundação Bernard van Leer e do Instituo C&A, tem por objetivo fortalecer e disseminar práticas de participação infantil, por meio da premiação de ações que demonstrem inovação, eficácia, criatividade e com impacto relevante. Esta é a primeira vez que uma premiação deste tipo é realizada nacionalmente.

Qualquer entidade que tenha um projeto que incluam processos participativos com crianças entre três e 11 (onze) anos de idade pode se inscrever até o dia 31 de março. A seleção será realizada por meio de um corpo de jurados especialista no assunto: Immaculada Prieto (UNICEF), Angelica Goulart (Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República), Leonardo Yanez (Fundação Bernard Van Leer), Patricia Lacerda (Instituto C&A), Angela Borba (UFF, Universidade Federal Fluminense), Claudia Ceccon (CECIP) e Adriana Friedmann (Rede Nacional pela Primeira Infância). Um grupo de crianças também participará do júri (quem e de onde são as crianças).

O concurso, que terá a premiação realizada no dia 6 de junho, no Rio de Janeiro, pretende enriquecer, no Brasil, o campo de discussões e práticas em torno do movimento de participação infantil. Essa proposta objetiva mudar a concepção tradicional que considera crianças como seres passivos, sem opinião, propostas e vontade própria, que devem aguardar por um momento futuro para se revelarem cidadãos e participarem ativamente da sociedade.

“Incluir a participação de crianças e adolescentes é percebê-los como pessoas completas, competentes, curiosas e criativas, capazes de agir no momento presente de suas vidas. O envolvimento desse público no planejamento e execução de projetos em distintas escalas não só enriquece seu desenho, tornando-os mais aderentes à realidade, como constitui para essas crianças um importante processo de vivência na construção da sua cidadania”, afirma Claudius Ceccon, Diretor Executivo do CECIP.

Apesar da participação infantil estar prevista como direito na Convenção sobre os Direitos das Crianças da ONU, da qual o é Brasil é o país signatário, no Estatuto da Criança e do Adolescente brasileiro, assim como em outros documentos públicos nacionais, sua implementação está longe da desejada.

“Nossa ideia é contribuir cada vez mais para difundir e estimular o efetivo direito à participação infantil em múltiplos espaços sociais”, completa Ceccon.

Premiação
Após o prazo de inscrição, em 31 de março, o concurso selecionará seis projetos que serão conhecidos em maio de 2014. A cerimônia de entrega da premiação será realizada no dia 6 de junho, no Rio de Janeiro, em local a definir.

Prêmios
A seleção dos finalistas inclui três prêmios em dinheiro e três menções honrosas. Os valores são: R$ 10.500,00 para o primeiro colocado; R$ 7.000,00 para o segundo colocado; e R$ 3.500,00 para o terceiro colocado.

Projeto Criança Pequena em Foco
O 1º Prêmio Nacional de Projetos com Participação Infantil faz parte do Projeto Criança Pequena em Foco, apoiado pela Fundação Bernard van Leer e pelo Instituto C&A, realizado pelo CECIP – Centro de Criação da Imagem Popular.

No Rio, o projeto Criança Pequena em Foco já desenvolveu diferentes metodologias, como o Passeio Fotográfico, o Mapa Afetivo da Comunidade e a Linha do Tempo, para compreender a perspectiva que as crianças têm sobre onde vivem. Numa primeira etapa do projeto, em 2012, foram realizadas oficinas com cerca de 100 crianças, frequentadoras de instituições comunitárias e moradoras das comunidades Santa Marta e Babilônia que resultou na publicação “Vamos ouvir as crianças? Caderno de Metodologias Participativas”.

Outra etapa do projeto se deu em 2013 na inclusão de crianças da cidade no planejamento de ações para um trânsito seguro. “No Complexo do Alemão, crianças de seis anos identificaram os problemas que enfrentam no caminho de casa para a escola, como a excessiva velocidade de carros e motos. Em conjunto com a UPP Social e a CET-Rio, que desenvolve projeto semelhante com crianças mais velhas, os pequenos estão participando do processo de elaboração e implementação de ações para minimizar os riscos que encontram neste trajeto. Esta experiência, que tem o apoio da comunidade e da escola, é uma tecnologia social que poderá ser disseminada como política pública a outros locais” conta Moana Van de Beuque, antropóloga e coordenadora do Projeto Criança Pequena em Foco.

O CECIP – Centro de Criação de Imagem Popular foi criado em 1986 por um grupo de profissionais de diversas áreas como o educador Paulo Freire, Ennio Candotti, Eduardo Coutinho, Ana Maria Machado, Washington Novaes, Chico Alencar e Claudius Ceccon, atual Diretor Executivo, que decidiram colocar seus saberes e experiências a serviço da construção de uma sociedade democrática. Sua atividade abrange a produção de materiais audiovisuais e impressos, a realização de projetos de articulação e mobilização social e a capacitação de educadores e outros agentes sociais para atuarem na transformação de suas realidades.

Inscrições para o 1º Prêmio Nacional de Projetos com Participação Infantil
Data: até 31 de março
Inscrição pelo site: www.premioparticipacaoinfantil.org.br

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *