O samaritano que voltou

Deixar um comentário

Ó vem samaritano, nos ensina.
A nós é que pertence tal pecado.
É de nossas decisões resultado.
Sanar efeitos, de Deus não foi sina.

Como precisamos agradecer!
Só para voltar à fonte da vida!
E lhe sagrar honra mais que devida.
E reverente lhe render o ser

Acho que nós, de ti, nos apossamos.
Que de ti, Senhor, nos tornamos amos.
E nossa cerviz não mais se inclina.

Entristece tão louca relação!
Não te prestamos mais adoracão!

Vem estrangeiro… vem… e nos ensina.

_____
Ariovaldo Ramos é pastor e escritor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *