Para descobrir o fio da meada

[ 2 ] Comentários

Uma boa comunicação é o segredo para descobrirmos o fio da meada. Sem comunicação, não há troca de experiências, não há compartilhamento de recursos e não há trabalho em conjunto. Ou seja, deixam de existir os elementos básicos de uma rede.

Por isso, reunimos 14 pessoas em Viçosa (MG) neste início de semana (de 09 a 11 de dezembro) para, juntos, – integrantes da RENAS e da Mãos Dadas – aprendermos um pouco mais sobre comunicação em rede.

Além de aprendizado, foi um tempo agradável de amizade, troca de experiências e planejamento conjunto.

A parábola do semeador e das sementes (Mt 13) foi a inspiração bíblica para a discussão sobre o assunto. O conteúdo do evento incluiu:
– O processo de comunicação: emissor, mensagem, meios e receptor
– Como contar uma história
– Novas tecnologias
– Planejamento 2014

Participaram integrantes da RENAS (Rede Evangélica Nacional de Ação Social) e da Rede Mãos Dadas. Foi incrível como descobrimos tantos bons recursos e histórias dos parceiros. A riqueza existe; o que nos falta é melhorar o processo de comunicação.

Nosso desafio para 2014 é fazer com que a comunicação em rede se torne algo natural entre nós.

_______________
Por Lissânder Dias

 

2 respostas para Para descobrir o fio da meada

  1. Joelcio disse:

    Graça e paz!
    Fico feliz, por vocês estarem colocando a mão no arado e seguindo em frente.
    Participo a IEVVC – João Pessoa – PB; e estamos querendo começar com um trabalho na igreja para cuidarmos dos nossos irmãos da igreja como também aqueles que moram próximos que ainda não foram alcançados pelo amor de Cristo.
    Gostaria de saber quais as experiências de vocês, que deram certo e estão dando certo.
    Que DEUS continue lhes abençoando.

  2. Beatriz Paula disse:

    Lissânder, é muito bom e gratificante quando nos encontramos com pessoas tão especiais. Ter participado do encontro pude perceber como é bom ter troca de conhecimentos tão ricos e nos fazem pensar e repensar sobre a nossa verdadeira missão com o nosso Senhor. Nunca me senti tão a vontade com pessoas que eu não conhecia. Até mesmo com você que só falo por telefone e e-mail, nossas vozes e escritas são íntimas de longa data, rsrsrs.

    Pena que não escolhi comunicação ou serviço social para seguir como profissão pois me sinto muito bem com o trabalho da Rede Mãos Dadas. Nesses 3 anos com vocês me sinto bem mais próxima de Deus e me renovei espiritualmente com Ele. Daqui a pouco o tempo passa e meu prazo de validade está vencendo. E o Miguelzinho vai estar grandão! É ruim ter data marcada para deixar algo que te faz tão feliz. Mas a engenharia me deu uma rasteira e me apaixonei por ela também, rsrsrs

    Parabéns pelo trabalho, e pelo profissional que é !!!

    Abraços, Beatriz 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *