RENAS ES aborda milhares de pessoas sobre o problema da violência sexual de crianças

Comente!

Cerca de 10 mil pessoas foram abordadas pelos voluntários da RENAS Espírito Santo nesta segunda-feira, dia 02, sobre o risco da violência sexual de crianças. É que a campanha Bola na Rede fez parte da abertura oficinal da 5º Semana Estadual de Direitos Humanos. O evento, organizado pelo Governo do Estado, vai até o dia 13.

Os voluntários se reuniram em uma das principais praças de Vitória (ES), a Praça Costa Pereira, e distribuíram folhetos, conversaram com os transeuntes, exibiram faixas e apresentaram peças de teatro na rua.

“Na minha avaliação, foi excelente. O pessoal da AVALANCHE e da JOCUM fez um trabalho excelente com teatro de rua, cartazes e tivemos diversas instituições filiadas à RENAS ES presentes apoiando. Eu estive numa solenidade no Palácio do Governo e entreguei a diversas autoridades e líderes sociais, inclusive ao Governador, o cartão do Bola na Rede e falei sobre o mesmo. Estamos animados”, avaliou o Pr. Silas Vieira, um dos líderes da RENAS no estado.

A mobilização começou às 8 horas da manhã e terminou somente às 13h30. A grande mídia local publicou matérias e entrevistas com a RENAS ES sobre a campanha “Bola na Rede”.

O Pr. Silas Vieira pontua a seguir os fatos marcantes da iniciativa:

1. Abordamos transeuntes, passageiros nos ônibus e nos carros quando o sinal de trânsito (farol para paulistas e semáforo para sulistas) fechava para os carros.

2. Grupos da JOCUM e da Missão Avalanche representavam cenas de crianças sendo agarradas por seus abusadores e portavam cartazes com frases de alerta sobre este tipo de violência contra as crianças.

3. Tivemos uma caixa de som ligada permanentemente com chamadas tipos notícias urgentes, informando sobre o crime do abuso sexual de crianças.

4. Cerca de 30 integrantes das filiadas à RENAS ES participaram desta ação.

5. Todos que foram abordados manifestaram apoio a esta campanha e receberam de bom grado os folders que foram entregues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *