Uma rede dentro da outra, dentro de uma terceira! Que coisa emaranhada!

[ 2 ] Comentários

As redes, no 8º Encontro de RENAS em Fortaleza, 2013, me fazem lembrar daquela boneca russa que agasalha dentro de si uma outra boneca que por sua vez também carrega no seu interior uma boneca menor. A grande verdade é que RENAS é uma rede de redes. 

Uma destas redes é a Rede Mãos Dadas, dedicada ao tema da criança. Como a criança este ano foi o tema do encontro, a Rede Mãos Dadas teve uma participação maior do que em outras edições do evento. E nossa participação contou com uma outra rede, desta vez feita de fio de nylon com fitas de cetim.

Encontro RENAS_2013. esposição1Rede de nylon com fitas de cetim: ela chegou cheia de buracos e foi montada na Sala da Criança junto a uma exposição de fotos do missionário James Gilbert. Depois de contemplar as fotos, as pessoas assinavam o seu nome em uma fita fazendo assim um compromisso pessoal de continuar a trabalhar em rede na luta em favor das crianças e adolescentes vulneráveis. James Gilbert chamou sua exposição de Uma Liturgia para Nossas Crianças, porque ele crê que liturgia no grego, significa “serviço público” e que nós cristãos somos comissionados a prestar um “serviço público” para nossas crianças, dentro e fora da igreja.

 

1185175_335298519940287_15473752481_n.editedRede Mãos Dadas: Ao sair da exposição, ainda na Sala da Criança, havia duas mesas onde oito ferramentas desenvolvidas ou socializadas pelos parceiros da Rede Mãos Dadas puderam ser conhecidas. Todos estes recursos representam “Caminhos do Reino na Proteção de Crianças e Adolescentes” porque levam a criança que tem um problema a experimentar uma solução. Veja a lista e seus links abaixo.

A Sala da Criança se tornou um ponto de encontro, algo não muito distinto do que aconteceu por todos os cantos do Hotel Oásis, local escolhido para o Encontro RENAS. Foi lá que os parceiros da Rede Mãos Dadas receberam uma representante do UNICEF, a Casimira Benge, que por articulação da Visão Mundial, tem se aproximado de nós com um pedido: ajudem-nos a defender a causa da criança no Brasil! Gilberto Celletti, diretor da APEC, e recém-chegado à Rede Mãos Dadas, acolheu o pedido com entusiasmo e acrescentou: “Não só no Brasil mas em todos os países de fala portuguesa!”

 

DSC0253901

RENAS: Saindo da Sala da Criança, chegávamos ao refeitório, bem próximo ao auditório e demais salas onde o Encontro RENAS aconteceu. Houve um momento em que uma das organizadoras levantou as mãos e disse frustrada: “Ninguém quer entrar para os seminários!” Olhei à minha volta e vi pelo menos cinco reuniões acontecendo nas mesas do refeitório. Eram pessoas que já tinham identificado necessidades e buscavam soluções práticas em parceria uns com os outros. O seminário é o espaço onde se semeia uma ideia, a reunião no refeitório, entre duas partes interessadas, é onde uma ideia se concretiza. Precisamos das duas coisas!

No sábado, último dia, a rede de nylon e fita de cetim, agora com todos os seus buracos reparados e preenchidos pelas fitas coloridas, foi parar na mesa da ceia. Muito simbólico: união com o Pai que não desiste da humanidade e prova isto a cada bebê que nasce, união com o Filho que tanto amou e abençoou as crianças, união entre irmãos que sabem que a luta exige renúncia e desprendimento e demanda a a preciosa contribuição de cada um!

Recursos da rede:

_____________

Elsie Gilbert

Publicado originalmente aqui.

2 respostas para Uma rede dentro da outra, dentro de uma terceira! Que coisa emaranhada!

  1. ROSI RODRIGUES disse:

    Obrigada por existirem. Eu faço parte desta obra: “Evangelismo e discipulado de crianças”. Quero poder fazer muito mais pelos pequenos de meu bairro e igreja.

  2. Ana Tereza Franklin disse:

    Nossa que legal! Não conhecia a cartilha do ECA, achei muito legal e boa. Vou trabalhar com as crianças do BEM TE VI que são as crianças de 7 a 11 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *