OFICINA ENCONTRO RENAS (parte II)

Comente!

Desenvolvimento Local

Uma comunidade se desenvolve quando torna dinâmicas suas potencialidades. Para que isso aconteça é preciso reunião de vários fatores:

– Participação
– Decisão do poder local e de outros níveis de governo
– Apostar em um caminho de mudanças
– Pessoas com condições de tomar iniciativas, assumir responsabilidades

O Desenvolvimento tem dimensões:

– Econômica
– Social
– Cultural
– Ambiental
– Físico-territorial
– Político-institucional
– Científico-tecnológico

O desenvolvimento local é um modo de promover o desenvolvimento que leva em conta o papel de todos esses fatores para tornar dinâmicas potencialidades que podem ser identificadas quando olhamos para uma unidade socioterritorial delimitada. Desenvolvimento, só é desenvolvimento se for: humano, social e sustentável.

Quando se fala em desenvolvimento, fala-se em melhorar a vida das pessoas (desenvolvimento humano), de todas as pessoas (desenvolvimento social), das que estão vivas hoje e das que virão amanhã (desenvolvimento sustentável).

Estudo de Viabilidade Social

O EVS é um processo técnico-político:

– Se realiza a partir de um processo de aproximações, e são elas que consubstanciam a metodologia –dimensão técnico-operativo.
– A cada aproximação estabelece um processo contínuo de tomadas de decisões, inscritas nas relações de poder, o que caracteriza uma função política – dimensão política.

Tem por base as seguintes aproxima-ações:

– Levantamento de hipóteses preliminares;
– Construção de referenciais teórico-práticos;
– Coleta de dados;
– Organização e análise: descrição, interpretação, compreensão, explicação dos dados obtidos;
– Identificação de prioridades de intervenção;
– Definição de objetivos e estabelecimentos de metas;
– Apresentação do Plano.

História da Comunidade

Visão da Gestão Municipal da época:

– Assumiu a Prefeitura em 1997;
– Constatou cerca de 57 áreas invadidas; Mais de 2800 pessoas nestas condições;

Projeto de desfavelamento:

– Assentamento ordenado;
– Oferecer condições de habitabilidade;
– Parceria com a Caixa Federal para construção de casas em alvenaria;
– Exemplo para outros pólos habitacionais;
– Exemplo de desenvolvimento sustentável;
– História da Comunidade.

Visão da Secretaria da Cidadania (site oficial):

– Considera que a problemática das invasões de área está ligada a migração desordenada;
– Viu como solução deste problema a criação desta comunidade e ações para que não ocorressem novas invasões;

“Oferece” programas a comunidade nas áreas:

– Esporte e lazer;
– Educação;
– Saúde: Programa de Saúde da Família, Projeto Nutrir, Gestante e Recém – nascido de risco;
– Social: PROMESO e Centro de Convivência Social;
– Fábrica de Blocos.

Identificar as prioridades

Deve se utilizar 2 critérios básicos:

– Critérios de relevância: tornar objetivos os conceitos subjetivos, ou seja buscar sua expressão numérica.
– Critérios de viabilidade: há diferentes graus de influências sobre questões prioritárias. Portanto, deve-se iniciar por aquelas prioridades que estão ao alcance.

Conclusões

Brutal processo de mudança;
Valor de cultura;
Saber do território;
Estratégia, Planejamento e Gestão;
Intersetorialidade;
Parceria;
Minimização de custos;
Idoneidade dos Parceiros;
Tecnologias Sociais;
Comprometimento dos três setores;
Paciência, perseverança;
Fiscalização, críticas construtivas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *